Especialista em diversidade, diretor de felicidade... conheça profissões em alta no pós-pandemia

setembro 15, 2020

Especialista em diversidade, diretor de felicidade... conheça profissões em alta no pós-pandemia

Especialistas em diversidade, diretor de felicidade, profissionais experientes e de áreas de finançastecnologia da informação (TI) e logística são alguns dos postos de trabalho mais demandados no cenário pós-pandemia de Covid-19. A consultoria de recursos humanos (RH) Luandre mapeou as principais tendências pós-crise: a mudança da rotina e reconfiguração de diversos segmentos da economia levou a criação de cargos, como o de especialista em diversidade e chief happiness officer (CHO, ou diretor de felicidade).

Cargos que antes não existiam, passam a ocupar lugar de destaque na cultura das companhias no cenário pós-pandemia, como explica a superintendente de RH na Luandre, Gabriela Mative:

É uma tendência procurar pessoas capacitadas para estas posições, uma vez que as empresas se preocupam cada vez mais com o ambiente corporativo e o bem-estar de seus colaboradores

Cargos seniores, em geral, também estarão em alta, garante Gabriela, já que a experiência faz e fará a diferença para empresas que sofreram algum tipo de desgaste durante a quarentena. Por isso, existe uma grande procura para cargos de liderança, com ênfase para a área de finanças, como diretor comercial, planejador financeiro e chief financial officer (CFO, ou diretor financeiro).

Com a crise, muitas empresas aprenderam na prática a necessidade de ter uma boa inteligência financeira e estão ainda mais de olho nisso para o futuro

Na área da saúde, as oportunidades seguem sendo abertas em hospitais e clínicas especializadas, apesar de uma tendência de queda no pós-pandemia, com contratações voltando aos níveis normais, conforme esclarece outra superintendente de RH da Luandre, Francine Silva. Por outro lado, a área de TI tem ótimas perspectivas, com o crescimento do comércio eletrônico durante a fase de distanciamento social: entre 24 de fevereiro e 24 de maio de 2020, o setor cresceu 71%, segundo o movimento Compre & Confie, faturando R$ 27,3 bilhões em plena crise.

Houve um crescimento da oferta para programadores, analistas de BI (business intelligence), analistas de marketing digital, carreiras que estavam em alta antes e que devem continuar a ser demandadas com cada vez mais força, visto que a mudança no comportamento de consumo veio para ficar

Com a TI, a área de logística também tende a aumentar, cada vez mais, as contratações.

 

Você pode curtir também

0 comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

GeraLinks