#ComoFaz para consultar o título eleitoral e o local de votação pela internet?

As eleições municipais de 2020 estão chegando, e, como todo brasileiro, você pode ter esquecido onde deixou o título eleitoral ou, ainda, seu local de votação. Não precisa se desesperar: dá para consultar tudo isso na página eletrônica do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

#ComoFaz para consultar o título eleitoral e o local de votação pela internet?

Veja o passo a passo de como consultar o título eleitoral e o local de votação pela internet:

  • Se você não se lembrar do número do título de eleitor ou não tiver ele anotado, vai ser necessário ter em mãos o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF); na página eletrônica do TSE, insira seu nome, número do título eleitoral ou número de CPF;
  • Insira sua data de nascimento ou selecione no calendário disponibilizado no sistema;
  • Insira o nome da sua mãe; em caso de não constar a informação no título, marque a caixa 'Não consta'.
  • Marque a caixa 'Não sou um robô' e, se necessário, faça o teste de verificação de imagem; depois, clique no botão 'Consultar';
  • Pronto! Agora você tem seus dados sobre o título de eleitor e domicílio eleitoral - zona, local e votação e endereço.

Se você não estiver com o título eleitoral em mãos ou mesmo com um documento oficial com foto, dá para votar usando o aplicativo e-Título: após uma atualização recente, o aplicativo desenvolvido pela Justiça Eleitoral passou a apresentar a foto do eleitor e pode ser usado como documento oficial para votar; a funcionalidade, no entanto, está disponível somente para quem realizou o cadastramento biométrico. O e-Título pode ser baixado, gratuitamente, nas lojas on-line Google Play, para aparelhos com sistema operacional Android, e App Store, para iOS.

147,9 milhões de brasileiros aptos a votar vão eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em 5,57 mil cidades em todo o Brasil. Vale destacar que, por conta da pandemia de Covid-19, não será realizada a identificação biométrica e será obrigatório o uso de máscara facial pelo eleitor, para que possa entrar e permanecer na seção eleitoral. É recomendado, ainda, o uso de álcool em gel e que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil (acervo)

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Continua após a publicidade

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Gostou do conteúdo? Então deixe sua opinião sobre o assunto. Seu comentário é muito importante para enriquecer o debate.

Parceiros

GeraLinks - Agregador de links Uêba - Os Melhores Links Vagando na Net
Tecnologia do Blogger.