Telescópio espacial Hubble flagra uma cachoeira de estrelas

A galáxia UGCA 193, capturada pelo telescópio espacial Hubble, cooperação entre as agências espaciais americana (Nasa) e europeia (ESA), é uma galáxia na constelação O Sextante. Parecendo uma cachoeira de estrelas, UGCA 193 parece hospedar muitas estrelas jovens, especialmente em sua parte inferior, criando uma névoa azul impressionante e a sensação de que as estrelas estão 'caindo'.

Telescópio espacial Hubble flagra uma cachoeira de estrelas

A cor azul de UGCA 193 indica que as estrelas que vemos são quentes - algumas com temperaturas superiores a 6 vezes a do nosso Sol. Os cientistas sabem que as estrelas mais frias parecem mais vermelhas aos nossos olhos e as estrelas mais quentes parecem mais azuis. Como a massa e a temperatura da superfície de uma estrela e, portanto, sua cor estão ligadas, estrelas mais pesadas são capazes de 'queimar' em temperaturas mais altas, resultando em um brilho azul de sua superfície.

Foto: ESA/Hubble & NASA, R. Tully/Reconhecimento: Gagandeep Anand

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais