Observatório capta ‘rosa’ de formação estelar ao redor de buraco negro supermassivo

Localizado a 45 milhões de anos-luz de distância da Terra, na constelação Fornax, esse anel fica bem no centro de sua galáxia, a NGC 1097.

Capturada com o instrumento Multi Unit Spectroscopic Explorer (Muse) no Very Large Telescope (VLT) do Observatório Europeu do Sul (ESO), esta imagem da galáxia espiral distante NGC 1097 mostra um exemplo clássico de um anel nuclear de explosão estelar. Localizado a 45 milhões de anos-luz de distância da Terra, na constelação Fornax, esse anel fica bem no centro de sua galáxia. Ele se estende por apenas 5 mil anos-luz de diâmetro, sendo diminuído pelo tamanho total de sua galáxia hospedeira, que se estende por algumas dezenas de milhares de anos-luz além de seu centro.

Observatório capta ‘rosa’ de formação estelar ao redor de buraco negro supermassivo

As pistas mais escuras vistas nesta imagem do Muse mostram poeira, gás e detritos da galáxia (ou possivelmente de uma galáxia satélite), que estão sendo canalizados para o buraco negro supermassivo em seu centro. Este processo aquece a matéria circundante formando um disco de acreção - processo pelo qual uma estrela ou outro corpo celeste atrai para si moléculas de gases ou de qualquer outro elemento interestelar - ao redor do buraco negro e lançando enormes quantidades de energia na área circundante. A poeira próxima é aquecida e a formação de estrelas acelera na área ao redor do buraco negro supermassivo, formando o anel nuclear de explosão estelar mostrado em tons de rosa e roxo na imagem.

O Muse está conectado ao Yepun, um dos quatro telescópios de 8,2 metros que compõem o VLT no Observatório Paranal do ESO, no Chile. Seu design exclusivo permitiu aos pesquisadores mapear mecanismos complexos dentro de muitas galáxias e analisar a formação de estrelas e aglomerados de estrelas.

Foto: ESO/Timer Survey

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais