Preço da gasolina começa 2021 acima do valor registrado em todos os meses de 2020

Combustível está 19,5% acima da média do mês com preços mais baixos de 2020, aponta Índice de Preços Ticket Log.


De acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), a gasolina nos primeiros dias de janeiro é comercializada ao preço médio de R$ 4,786 nos postos brasileiros: o valor é 1,92% mais caro que a média por litro no fechamento de dezembro e está acima do registrado em todo o ano passado. No feriado de Ano-Novo, dois dos primeiros dias de 2021 registraram preços acima da média do mês até agora, de R$ 4,787.

Preço da gasolina começa 2021 acima do valor registrado em todos os meses de 2020

O IPTL leva em consideração abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, marca de gestão de frotas da Edenred Brasil.

Na comparação com a primeira quinzena de dezembro, o preço da gasolina teve um aumento de 2,18% em um mês. Desde maio, quando o combustível teve o seu menor preço em 2020, o acréscimo é de 19,5% na média nacional.

Mesmo com o avanço do preço, a gasolina segue compensando mais que o etanol na relação 70/30 em 20 Estados. Nas regiões Nordeste e Sul, o combustível é unânime na comparação, como pontua Douglas Pina, head de mercado urbano da Edenred Brasil.

O litro da gasolina é 6% mais barato na região Sul do que na região Nordeste. Ainda assim, todos os Estados em ambas as regiões têm o combustível com vantagem em relação ao etanol. O IPTL deste mês, no entanto, nos mostra que a gasolina teve aumento em todos os Estados

Tanto a gasolina mais cara como a mais barata foram registradas na região Norte em janeiro. No Amapá, onde tem o menor preço, o combustível é comercializado à média de R$ 4,243. No Acre, Estado mais caro, a média é de R$ 5,207. Apenas o Rio de Janeiro também registra valores acima de R$ 5,00. No Estado, o litro está cotado a R$ 5,093.

O maior aumento foi registrado no Amazonas, onde o preço da gasolina cresceu 4,43% em relação a dezembro e é comercializado a R$ 4,53.

Na comparação com as outras regiões, o Nordeste tem a gasolina mais cara, com média de R$ 4,846, um aumento de 1,79% em relação a dezembro. Na região Sul, que tem o menor preço, o aumento foi de 2,08%, e a média de preço está em R$ 4,574.

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais