Preço da gasolina no Nordeste varia 6,5%; região apresenta maior alta de todo o Brasil

Combustível registrou aumento de 2,1% no último mês do ano e encerra 2020 com a maior alta dentre todas as regiões brasileiras, segundo levantamento.


O preço da gasolina nos Estados do Nordeste chegou a variar 6,5% e a região apresentou a maior alta de todo o Brasil para o combustível no fechamento de dezembro, como revelou o Índice de Preços Ticket Log (IPTL). O combustível registrou aumento de 2,1% este mês e finaliza o ano de 2020 com a maior alta dentre todas as regiões brasileiras.

Preço da gasolina nos Estados do Nordeste varia 6,5%; região apresenta a maior alta de todo o Brasil

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, marca de gestão de frotas da Edenred Brasil.

Mesmo com as altas consecutivas da gasolina desde meados de 2020 e a variação de quase 19% registrada na região Nordeste ao longo do ano, o combustível compensou mais que o etanol no bolso do consumidor, como pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Embora tenha apresentado a maior alta de todo o país, a gasolina foi a mais vantajosa na relação 70/30 em todos os Estados do Nordeste

O etanol também vem apresentando alta na região e, no fechamento de dezembro, registrou a média de R$ 3,706, um aumento de 1,7% nas bombas de abastecimento. O diesel e o diesel S-10 seguem o mesmo comportamento de alta, e ficaram 2,62% e 2,88% mais caros no fechamento de dezembro, com o preço médio do litro registrado em R$ 3,806 e R$ 3,857.

Ao entrar no comparativo dos Estados, Alagoas segue liderando com os maiores preços para a gasolina, o diesel e o diesel S-10, com os litros vendidos, em média, a R$ 4,882, R$ 3,949 e R$ 4,013, respectivamente O Maranhão figurou com o valor mais caro para o etanol, sendo comercializado a R$ 3,905 o litro.

Embora registre o menor custo do Brasil para a gasolina (R$ 4,580) e para o etanol (R$ 3,431) a Paraíba apresentou o maior aumento percentual para os combustíveis, que ficaram 3,7% e 6,3% mais caros do que os valores registrados no mês de novembro. Pernambuco figurou com os valores mais baratos para o diesel comum e o diesel S-10, R$ 3,697 e R$ 3,694.

Foto: Tomaz Silva/ABr (acervo)

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Continua após a publicidade

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Assista aos vídeos do canal no YouTube
Siga o Canal do Maurício Araya no YouTube
Ouça o podcast Em Resumo

Gostou do conteúdo? Então deixe sua opinião sobre o assunto. Seu comentário é muito importante para enriquecer o debate.

Parceiros

GeraLinks - Agregador de links Uêba - Os Melhores Links Vagando na Net #RadarMA
Tecnologia do Blogger.