No Maranhão, mulheres respondem por 70% em acesso a microcrédito urbano

No Maranhão, mais de R$ 936 milhões foram liberados em 2020 a mulheres microempreendedoras.

Um levantamento feito pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de pesquisas do Banco do Nordeste, apontou um protagonismo feminino no microcrédito urbano, em 2020: elas representaram 65% nas atividades financiadas pelo Crediamigo. No Maranhão, a liderança feminina é ainda maior: 70%. Em plena pandemia de Covid-19, foi investido R$ 1,3 bilhão no Maranhão, sendo R$ 936 milhões destinados a microempreendedoras.

No Maranhão, mulheres respondem por 70% em acesso a microcrédito urbano

Em toda a área de atuação do Banco do Nordeste, as mulheres microempreendedoras receberam o total de R$ 7,8 bilhões em recursos do programa em 2020, correspondentes a 2,9 milhões operações. O microcrédito urbano, como um todo, superou R$ 12,1 bilhões aplicados em 2020, o maior valor registrado na história do Crediamigo, em mais de 4,4 milhões de operações.

Para a superintendente de microfinança e agricultura familiar do Banco do Nordeste, Lúcia de Fátima Barbosa, "o protagonismo feminino no Crediamigo configura um reflexo do papel de liderança que a mulher exerce em meio ao público-alvo do programa, caracterizado essencialmente pela informalidade dos micronegócios".

Comércio, indústria e serviços

Mantendo a 'tradição', o comércio continuou, em 2020, na liderança como setor que mais aportou recursos do Crediamigo, com cerca de R$ 10,7 bilhões, o equivalente a 3,8 milhões de operações, com suporte financeiro para manutenção de pequenos negócios durante a pandemia de Covid-19. No Maranhão, o setor recebeu R$ 1,2 bilhão, 96% do montante liberado durante todo o ano.

Já a indústria recebeu R$ 155 milhões em empréstimos, 56 mil operações. No Maranhão, R$ 10 milhões foram destinados a microempreendimentos industriais.

Por fim, microempreendedores com atuação na área de serviços contrataram R$ 1,1 bilhão em empréstimos, um total de 492 mil operações do Crediamigo. No Maranhão, R$ 40,4 milhões foram destinados a financiamentos para microempreendimentos urbanos.

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Continua após a publicidade

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Gostou do conteúdo? Então deixe sua opinião sobre o assunto. Seu comentário é muito importante para enriquecer o debate.

Parceiros

GeraLinks - Agregador de links Uêba - Os Melhores Links Vagando na Net
Tecnologia do Blogger.