Facebook: vazamento expõe dados de 533 milhões de usuários, inclusive de brasileiros

No Brasil, pelo menos 8 milhões de usuários tiveram nome, cidade, e-mail e data de nascimento expostos; para Facebook, dados são antigos.

Uma vulnerabilidade explorada ainda no início de 2020 expôs dados de 533 milhões de usuários do Facebook, sendo, pelo menos, 8 milhões do Brasil. Dados como número de telefone vinculado à conta, ID do usuário no Facebook, nome completo, local, local anterior, data de nascimento, e-mail, data de criação da conta, status de relacionamento e biografia compõem a lista de dados expostos, disponibilizados de graça pela internet.

Facebook: vazamento expõe dados de 533 milhões de usuários, inclusive de brasileiros

Pelo Twitter, o pesquisador de segurança Alon Gal alertou sobre o risco de grande impacto na privacidade dos usuários do Facebook.

Poucos dias atrás, um usuário criou um bot do Telegram que permite aos usuários consultar o banco de dados por uma taxa baixa, permitindo que as pessoas encontrem os números de telefone vinculados a uma grande parte das contas do Facebook. (...) Malfeitores certamente usarão as informações para engenharia social, golpes, hacking e marketing.

Segundo Gal, a falha que expôs os dados vem do recurso 'Adicionar amigo'. que permitiu obter o número de celular presente em milhões de perfis: no Brasil, o vazamento afeta perto de 6% dos usuários, mas, em países como Itália, Egito e Arábia Saudita, mais de 90% das contas foram impactadas.

Para o Facebook, os dados são antigos e a falha já foi corrigida, em agosto de 2019, conforme uma porta-voz da rede social afirmou em resposta ao site BleepingComputer; o que não ameniza as implicações aos usuários, já que muitos mantém o mesmo número de telefone, e-mail, etc.

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais