Fim da ‘tortura’: WhatsApp libera, em beta, função para acelerar áudios

Mensageiro também deve permitir envio de fotos e vídeos autodestrutivos em breve, segundo site especializado.

O WhatsApp disponibilizou, em sua versão beta - em que usuários podem testar recursos antes do lançamento oficial das novas funções -, um novo recurso que permite acelerar a velocidade dos áudios. O recurso será disponibilizado no aplicativo para o sistema operacional Android, e não há ainda informações sobre quando o novo recurso poderá chegar aos dispositivos iOS.

O recurso imita o que já foi disponibilizado pelo Telegram, em junho de 2018, mas, ao contrário do Telegram - que permite apenas avançar 2x -, no WhatsApp o áudio pode ser reproduzido em três velocidades: 1x, 1,5x e 2x. 

Mídias autodestrutivas também podem ser liberadas em breve

Segundo o portal WABetaInfo, fotos, vídeos e até GIFs autodestrutivos também podem chegar em breve ao WhatsApp. Mensagens temporárias já são uma realidade, mas as mídias, segundo o site especializado, poderiam ser abertos só uma única vez pelo destinatário.

Fim da tortura: WhatsApp libera, em beta, função para acelerar áudios

Há um porém: ao que tudo indica, o destinatário pode fazer, ainda que nessa única abertura da mídia, captura de tela. E pior: sem que remetente seja notificado sobre o print, como ocorre no Instagram.

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais