Uma dispersão de estrelas: um olhar do Hubble sobre NGC 330

Aglomerado estelar aberto está a cerca de 180 mil anos-luz de distância dentro da Pequena Nuvem de Magalhães; explore a imagem em alta qualidade.

Esta imagem capturada pelo telescópio espacial Hubble, da Nasa/ESA, mostra o aglomerado estelar aberto NGC 330, a cerca de 180 mil anos-luz de distância dentro da Pequena Nuvem de Magalhães. O aglomerado - que está na constelação de Tucana - contém uma infinidade de estrelas, muitas das quais estão espalhadas por esta imagem impressionante.

Além de nos mostrar algo novo sobre o Universo, imagens como esta também contém pistas sobre o funcionamento interno do próprio telescópio espacial Hubble: padrões entrecruzados ao redor das estrelas na imagem - conhecidos como picos de difração - foram criados quando a luz das estrelas interagiu com as quatro finas aletas que sustentam o espelho secundário do Hubble.

Uma dispersão de estrelas: um olhar do Hubble sobre NGC 330

Como os aglomerados de estrelas se formam a partir de uma única nuvem primordial de gás e poeira, todas as estrelas que eles contêm têm aproximadamente a mesma idade. Isso os torna laboratórios naturais úteis para os astrônomos aprenderem como as estrelas se formam e evoluem.

Essa imagem - explore-a em altíssima qualidade - usa observações da Wide Field Camera 3 do Hubble e incorpora dados de duas investigações astronômicas muito diferentes: o primeiro teve como objetivo entender por que estrelas em aglomerados de estrelas parecem evoluir de forma diferente de estrelas em outros lugares, uma peculiaridade observada pela primeira vez pelo telescópio espacial Hubble; a segunda teve como objetivo determinar o quão grandes as estrelas podem ser antes de se tornarem condenadas a terminar com suas vidas em explosões cataclísmicas de supernova.

Foto: ESA/Hubble e Nasa, J. Kalirai, A. Milone

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais