Bandeira tarifária para setembro ganha o tom da crise: escassez hídrica

É o quarto mês seguido no mais alto patamar da bandeira tarifária; acréscimo na conta de luz é discutido pela Aneel e vai ficar ainda mais caro.

A bandeira tarifária em setembro de 2021 será vermelha patamar 2, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Agosto foi mais um mês de severidade para o regime hidrológico do Sistema Interligado Nacional (SIN), e a perspectiva para setembro não deve se alterar significativamente.

Atualização: criada pela Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (Creg), no dia 31 de agosto de 2021, a bandeira escassez hídrica passa a valer em setembro para todos os consumidores do Sistema Interligado Nacional (SIN) - com exceção dos beneficiários da tarifa social -, com acréscimo de R$ 14,20 na conta de luz a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos; a cobrança vai até abril de 2022.

É o quarto mês seguido no mais alto patamar da bandeira tarifária, que, normalmente, significaria um acréscimo de R$ 9,492 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos, mas os valores das bandeiras tarifárias estão em análise e ainda serão divulgados.

Bandeira tarifária para setembro segue vermelha patamar 2

Em agosto, a Aneel deu início a uma campanha publicitária de utilidade pública voltada para orientação dos consumidores sobre o uso consciente de energia elétrica. O objetivo é incentivar a população a evitar o desperdício de energia elétrica em meio ao pior cenário de escassez hídrica em 91 anos.

Entre as dicas, estão: uso de lâmpadas LED para a iluminação da casa à noite e uso da luz natural durante o dia, mantendo ligadas somente as lâmpadas essenciais à sua segurança; se usar máquina de lavar, reunir o máximo de roupas para lavagem de uma só vez, assim como o ferro de passar; evitar banhos demorados com chuveiro elétrico, fechando a torneira enquanto se ensaboa; entre outras dicas.

Com a manutenção da bandeira vermelha em seu maior patamar, a Aneel reforça as ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia elétrica - veja dicas de como economizar.

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, Twitter, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais