Praias de São Luís têm 9 pontos liberados para banho

Outros 13 pontos estão impróprios para banho; veja, em mapa interativo, quais pontos próprios e impróprios para o lazer.

Nove trechos de praias da Região Metropolitana de São Luís estão liberados para banho, segundo a nota técnica do Laboratório de Análises Ambientais (LAA), da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) divulgada nessa sexta-feira (20); outros 13 pontos estão impróprios para banho.

O monitoramento é feito nos 22 pontos da orla - distribuídos nas praias de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa - com coleta feita entre os dias  19 de julho e 16 de agosto.

Praias de São Luís têm 9 pontos liberados para banho

Os pontos próprios para banho esta semana são: praia Ponta d'Areia, ao lado do Espigão; praia Ponta do Farol, em frente ao Farol e Forte de São Marcos; praia de São Marcos, em frente Praça do Pescador, próximo a Barraca do Chef; praia do Calhau, em frente à descida da Avenida Copacabana e Pousada Suíça; praia do Meio, próximo ao Kacthus Bar e em frente à rampa principal de acesso à praia; praia Olho de Porco, em frente ao Las Vegas Bar e na última barraca antes da foz do igarapé; e praia do Mangue Seco, em frente à Biblioteca do Caranguejo.

O documento do LAA/Sema destaca que "a ocorrência de chuvas influencia negativamente na qualidade das águas das praias, considerando que ocorre maior carreamento de matéria orgânica oriunda da lavagem das vias públicas para os rios e, consequentemente, para os mares".

Foto: A.Baeta/Prefeitura de São Luís (acervo)

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais