#ElasNaIA: capacitação em inteligência artificial para mulheres tem inscrições abertas

Iniciativa da Microsoft oferece mentoria em carreira na área de tecnologia, conteúdo sobre fundamentos de nuvem e preparação para certificação.

Estão abertas, até o dia 10 de outubro, as inscrições da terceira edição do programa #ElasNaIA, da Microsoft, que irá capacitar mulheres em fundamentos de inteligência artificial (IA) e nuvem. O programa, que inclui preparação para certificação Microsoft AI-900: AI Fundamentals, oferece 40 vagas, sendo 10 reservadas para mulheres participantes das comunidades de tecnologia AI Girls e Mulheres em IA e outras 30 disponibilizadas ao público em geral. As inscrições ocorrem pela internet.

Idealizado e liderado pelo grupo de colaboradoras da Microsoft e voluntários dos pilares de diversidade e inclusão da empresa Women at Microsoft (WAM), o programa #ElasNaIA já capacitou mais de 60 mulheres na área desde a primeira edição.

#ElasNaIA: capacitação em inteligência artificial para mulheres tem inscrições abertas

O objetivo é contribuir no desenvolvimento de carreira e aumentar as chances de empregabilidade de mulheres no setor de tecnologia. Além disso, o projeto também oferece módulos focados em habilidades comportamentais, ou soft skills, e desenvolvimento de um plano de carreira, revisão de currículo e perfil no LinkedIn.

A seleção inclui um desafio; as candidatas devem ter, no mínimo, 18 anos e ensino médio completo, conhecimentos básicos de programação e da linguagem Python, disponibilidade e comprometimento para participar de todo o programa e, é claro, interesse em trabalhar no mercado de tecnologia

As aulas têm início este mês e vão até dezembro de 2021.

Com informações da Microsoft/Edelman 

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais