Hubble espia par de galáxias em ‘guerra’

Galáxias parecem estar ligadas, mas a disputa gravitacional entre as duas está condenada a terminar catastroficamente para uma delas.

Esta imagem feita pelo telescópio espacial Hubble mostra Arp 86, um peculiar par de galáxias em interação a cerca de 220 milhões de anos-luz da Terra, na constelação de Pegasus. Arp 86 é composto pelas duas galáxias NGC 7752 e NGC 7753 - NGC 7753 é a grande galáxia espiral dominando a imagem, e NGC 7752 é seu companheiro menor.

A diminuta galáxia companheira quase parece estar ligada a NGC 7753, e é esta peculiaridade que ganhou a designação de Arp 86 - significando que o par de galáxias aparece no Atlas de Galáxias Peculiares compilado pelo astrônomo Halton Arp em 1966 -, mas, na verdade, as duas estão em  uma 'guerra'. Essa a disputa gravitacional entre as duas galáxias está condenada a terminar catastroficamente para NGC 7752. Ela acabará sendo lançada no espaço intergaláctico ou totalmente engolfada por seu vizinho muito maior.

Hubble espia par de galáxias em ‘guerra’

O Hubble mirou Arp 86 como parte de um esforço maior para entender as conexões entre as estrelas jovens e as nuvens de gás frio nas quais elas se formam: o equipamento observou aglomerados de estrelas e nuvens de gás e poeira em uma variedade de ambientes espalhados por galáxias próximas. Combinadas com as medições do Atacama Large Millimeter Array (Alma), um gigantesco radiotelescópio situado no alto dos Andes chilenos, essas observações do Hubble fornecem um tesouro de dados para os astrônomos que trabalham para entender como as estrelas nascem.

As observações também ajudam a plantar as sementes de pesquisas futuras com um futuro telescópio espacial, o telescópio espacial James Webb, com lançamento previsto para este ano, que estudará a formação de estrelas em regiões empoeiradas, como as galáxias do Arp 86.

Foto: ESA/Hubble e Nasa, Dark Energy Survey, J. Dalcanton

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, Twitter, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais