La Palma: erupção do vulcão Cumbre Vieja forma ‘delta de lava’

Cascata de lava pode ser vista nesta imagem do Sentinel-2 escorrendo no Oceano Atlântico, estendendo o tamanho da costa da ilha espanhola.

Esta imagem, capturada pela missão Copernicus Sentinel-2 em 30 de setembro, mostra o fluxo de lava do vulcão em erupção na ilha espanhola de La Palma. A cascata de lava pode ser vista escorrendo em pleno Oceano Atlântico, estendendo o tamanho da costa. Este 'delta de lava' cobria cerca de 20 hectares quando a imagem foi tirada.

Uma rachadura se abriu no vulcão Cumbre Vieja em 19 de setembro, lançando nuvens de cinzas e lava para o ar. A lava desceu a montanha e atravessou aldeias, engolfando tudo em seu caminho. Em 28 de setembro, o fluxo de lava de 6 km atingiu o oceano na costa oeste da ilha. Nuvens de vapor branco foram relatadas onde a lava incandescente atingiu a água na área de Playa Nueva.

La Palma: erupção do vulcão Cumbre Vieja forma ‘delta de lava’

Essa imagem do Sentinel-2 foi processada em cores reais, usando o canal infravermelho de ondas curtas para destacar o fluxo de lava. A missão Sentinel-2 é baseada em uma constelação de dois satélites idênticos, cada um carregando um inovador produtor de imagens multiespectral de alta resolução com 13 bandas espectrais para monitorar mudanças na terra e na vegetação da Terra.

Com informações da ESA / Foto: Copernicus Sentinel data (2021)/ESA

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e enriqueça o debate. Siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, no Twitter, no Pinterest, no Instagram, LinkedIn e YouTube.

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais