‘123456’: senhas mais usadas em 2021 são também as mais inseguras

Novo estudo sobre senhas mais comuns usadas em 2021 revela que usuários seguem optando por senhas fracas e fáceis de serem descobertas.

Repetindo o resultado de 2020, '123456' é a senha mais usada por internautas, superando a marca de um milhão de detecções, segundo o relatório anual elaborado pela NordPass sobre as 200 senhas mais usadas por usuários. Para produzir o parecer, o gerenciador de senhas analisou um banco de dados de 4TB com senhas vazadas de usuários de 50 países.

A combinação permanece entre a primeira e a segunda posição de 2017 a 2021, o que revela como as senhas mais populares seguem sendo as mais fracas e inseguras.

Posição Senha Vezes que foi detectada
1 123456 1.003.925
2 123456789 326.815
3 12345 154.075
4 qwerty 143.513
5 password 106.217
6 12345678 103.500
7 111111 85.937
8 123123 85.158
9 1234567890 62.649
10 1234567 54.441
11 qwerty123 51.725
12 000000 49.286
13 1q2w3e 45.459
14 aa12345678 42.703
15 abc123 42.532
16 password1 40.939
17 1234 40.244
18 qwertyuiop 38.013
19 123321 37.380
20 password123 34.061

O relatório oferece a possibilidade de filtrar as senhas mais populares por país, incluindo dados de alguns países da América Latina. Algumas das senhas únicas em cada país obedecem a um padrão que é repetido no resto, como o nome do país ou as versões em idioma local da mesma senha.

‘123456’: senhas mais usadas em 2021 são também as mais inseguras

Por exemplo, no Brasil, as senhas mais usadas são: '123456', '123456789', 'Brasil', '12345', '102030', 'senha', '12345678', '1234', '10203' e '123123'. No Chile, as combinações mais usadas são: '123456', '123456789', '12345', 'Chile', 'colocolo', '12345678', '1234567890', 'catalina' e '1234'. No México: '123456', '123456789', '12345', 'mexico', '123456789', '1234567', '1234567890', 'hola', 'america' e '1234'.

Com informações da Eset

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário. Siga o Blog do Maurício Araya no Twitter, Facebook, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais