Bases extremamente fortes de um telescópio ‘parrudo’

Construção do ELT, no Chile, já foi retomada, e registro mostra fundações do gigantesco e potente telescópio.

A construção do maior ‘olho’ do mundo, o Extremely Large Telescope (ELT), do Observatório Europeu do Sul (ESO), no Chile, está em progresso: após uma desaceleração significativa das obras de construção, por causa da pandemia de covid - incluindo quase um ano de fechamento completo do local -, as obras já foram retomadas, e um registro feito em janeiro de 2022 revela as fundações do gigantesco telescópio.

As primeiras formas da espetacular cúpula do ELT estão tomando forma: a imensa estrutura terá cerca de 80 metros de altura, por quase 90 metros de diâmetro - o equivalente, aproximadamente, à área de um campo de futebol.

Bases extremamente fortes de um telescópio ‘parrudo’

Toda a estrutura fica apoiada em amortecedores, já instalados e alinhados, para proteção contra tremores de terra - comuns na área - e até grandes terremotos.

Com informações do ESO / Foto: G. Hüdepohl (atacamaphoto.com), via ESO

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário. Siga o Blog do Maurício Araya no Twitter, Facebook, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais