‘Aurora do Bonfim’: fragilidade da vida é investigada em performance

Um cientista que investiga a incapacidade de morrer de uma mulher que já faleceu 15 vezes sem chegar a um óbito definitivo. Levando a análise às últimas consequências, os dois trocam de lugar. Esta é a premissa de Aurora do Bonfim - Dramaturgo em Performance, que será apresentada no Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM), em São Luís, nesta quinta-feira (24), às 19h. A programação é gratuita.

O texto escrito e performado pelo dramaturgo Igor Nascimento, que traz para a cena impulsos que o moveram durante o processo de escrita, episódios de hipocondria e a relação com a fragilidade do corpo.

‘Aurora do Bonfim’: fragilidade da vida é investigada em performance

Escritor multimeios que desenvolve trabalhos e pesquisa científica em artes, Igor Nascimento é roteirista, dramaturgo, escritor e diretor de teatro e de cinema, desenvolvendo trabalhos em São Luís e pelo Brasil.

O CCVM está localizado na avenida Henrique Leal, nº 149, Centro Histórico de São Luís.

Com informações e foto do CCVM

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário. Siga o Blog do Maurício Araya no Twitter, Facebook, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais