Mininovelas: app de vídeos curtos aposta em novo formato

Com produções roteirizadas e episódios curtos na vertical, projeto ‘TeleKwai’ é novo formato de entretenimento do aplicativo Kwai.

Dramaturgia em formato vertical e com episódios curtos, de cerca de dois minutos cada: essa é a nova aposta do aplicativo de criação e compartilhamento de vídeos curtos Kwai. TeleKwai é o nome do projeto que propõe um novo modelo de produção de conteúdo exclusivo para a plataforma, fomentando a produção amadora e semiprofissional de dramaturgia brasileira, em um novo segmento audiovisual: a mininovela.

Em formato de novelas ou séries, as produções de vídeo vão do drama à ficção científica, do suspense ao humor, garantindo variedade de entretenimento gratuito para os usuários da plataforma. A ideia surgiu na China, em 2019, onde é um sucesso de audiência. Em 2021, programa foi expandido para os países de língua hispânica na América Latina.

Mininovelas: app de vídeos curtos aposta em novo formato

No Brasil, o TeleKwai já conta mais de 180 contas ativas na plataforma gerenciadas por agências, produtoras e criadores de conteúdo parceiros do programa, entre eles: Distopia, primeira minissérie de ficção científica para celular, narra a viagem dos tripulantes da Missão Marte ao espaço, com participação do ator Felipe Reis; Meu Chapa, Guru, com o chapeiro argentino que vive no Brasil há dez anos e motiva seus clientes e funcionários por meio de suas histórias no dia a dia; Golpistas!, minissérie de ação idealizada por Felipe Reis, conta a história de um casal de assaltantes e um golpista de primeira linha em um grande jogo de enganação; Fala Comigo, estrelada e dirigida por Felipe Reis, esta comédia romântica traz um casal de amigos que compartilha suas histórias e decepções amorosas; Câmera de Insegurança, uma história divertida onde dois porteiros tentam extorquir moradores de um condomínio, mas as coisas se complicam; O Lado Obscuro, que traz mininovelas de crimes, reviravoltas e histórias sobrenaturais; Histórias de Amor, mininovelas que contam histórias de encontros e desencontros amorosos; Meu Patrão, estrelada pelo criador e dublador Mederi Corumbá, esta divertida minissérie de humor traz situações absurdas no ambiente de trabalho; e Novelinhas da Marianna Santos, com histórias da vida real com mensagens motivacionais interpretada pela atriz mirim Marianna Santos.

"Esse é um formato inovador adaptado às novas tendências de consumo de conteúdo pelo celular. Todas as produções são originais e desenvolvidas exclusivamente para a plataforma do Kwai. Falam sobre conflitos do cotidiano, temas relevantes para a sociedade relacionados a questões sociais e relacionamentos. É um novo lugar para o entretenimento, para consumir dramaturgia de forma leve, em formato curto e na vertical", diz o diretor sênior de conteúdo do Kwai Brasil, Wladimir Winter.

Mininovelas: app de vídeos curtos aposta em novo formato

Agências, produtoras e criadores de conteúdo são responsáveis pela pré-produção, produção e pós-produção dos vídeos. "O Kwai atua como um consultor, dando total liberdade criativa para os parceiros. O programa busca democratizar o acesso a produções audiovisuais, independente da sua posição na cadeia de produção. Queremos que criadores brasileiros de todos os cantos do país se tornem estrelas de suas próprias histórias", destaca Winter.

O aplicativo desenvolveu uma funcionalidade inédita que permite a publicação de vídeos em uma sequência específica. A novidade está sendo usada, inicialmente, pelas contas do TeleKwai.

Mininovelas: app de vídeos curtos aposta em novo formato

"Quanto mais espaço houver, quanto mais oportunidades surgirem para a produção de conteúdo audiovisual, principalmente fora do eixo de grandes produtoras, melhor. Estar junto ao Kwai nesse início de uma nova era da ficção, é motivo de muito orgulho pra mim. É uma oportunidade para profissionais talentosos, e que até agora não tiveram uma boa chance de mostrar seu trabalho. Até agora, passaram mais de 20 atores nas minisséries que fizemos. É uma nova engrenagem que vem surgindo aí", pontua o ator e diretor Felipe Reis.

Com informações e fotos do Kwai/RPMA Comunicação

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário. Siga o Blog do Maurício Araya no Twitter, Facebook, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais