Sarau Vinil & Poesia inicia nova temporada

Estreia será nesta quinta-feira (21), no Soul Lounge SLZ, com poeta e letrista Fernando Abreu, homenageando Bob Dylan e Bob Marley.

Nesta quinta-feira (21), inicia a nova temporada do Sarau Vinil & Poesia, a partir de 20h, no Soul Lounge SLZ - avenida Litorânea, Calhau, em São Luís. Para a ocasião, o jornalista, poeta e letrista maranhense, Fernando Abreu, é o convidado especial com canções e poemas revisitando a obra de Bob Dylan e Bob Marley, entre outros inéditos do Esses são os dias, seu próximo livro que será lançado ainda neste semestre. Fernando Abreu será acompanhado do guitarrista Lucas Ferreira nesta performance intitulada Bob & Bob - I and I. A noite contará ainda com a discotecagem da jornalista e DJ Vanessa Serra, idealizadora da iniciativa.

O Sarau Vinil & Poesia terá edições a cada 15 dias, sempre às quintas-feiras. O couvert é de R$ 12, e as reservas podem ser feitas pelo telefone (98) 99177-2593.

Sarau Vinil & Poesia inicia nova temporada

Fernando Abreu é maranhense de São Luís. Viveu na cidade de Grajaú, interior do Estado, até os 13 anos. Durante cerca de dez anos editou a revista de poemas Uns & Outros, ao lado de outros integrantes da Akademia dos Párias, grupo que agitou a cena literária na capital maranhense entre o fim dos Anos 1980 e meados dos Anos 1990. Tem cinco livros de poemas publicados: Contra todo alegado endurecimento do coração (7Letras, 2019), Manual de Pintura Rupestre (7Letras, 2015), Aliado Involuntário (Exodus, 2011), O Umbigo do Mudo (Clara Editora, 2003) e Relatos do Escambau (Exodus, 1998). Seu sexto livro, Esses são os dias, está em vias de publicação, também pela carioca 7Letras. Como letrista, tem parcerias com Zeca Baleiro, Chico César, Marcos Magah, Aziz Jr e Nosly, entre outros. Tem poemas publicados nas revistas Germina, Modo de Usar, Sibila, Poesia Sempre e no blog do Antonio Cicero.

Lucas Ferreira é um compositor, multi-instrumentista e produtor musical maranhense. Faz parte da cena underground de São Luís desde 2013 e tocou e compôs para em várias bandas autorais. Desde 2018 é o condutor e compositor principal do coletivo Babycarpets, que abriga e abrigou diversos artistas da capital maranhense e até mesmo de outros países com foco na psicodelia e experimentação noise em uma estrutura de Rock'n'roll e Pop. Tendo lançado um álbum, 2 EPs e vários singles, Lucas segue contribuindo com diversos artistas de São Luís sendo arranjador de músicas, tocando guitarra, baixo e teclado e também cantando.

Sarau Vinil & Poesia inicia nova temporada

O Sarau Vinil & Poesia é um programa idealizado e apresentado pela jornalista e DJ Vanessa Serra, que teve início em dezembro de 2019. Durante a pandemia, ocorreu em forma de live recebendo a participação de grandes poetas, escritores, músicos e artistas maranhenses; a iniciativa teve projeto aprovado em edital Secma, em 2020, e com recursos da lei federal Aldir Blanc foi lançado o LP Vinil & Poesia – Vol. 1, uma coletânea musical e poética também disponível em todas as plataformas digitais. O disco foi um dos vencedores do Prêmio Papete 2021. Em 23 de abril deste ano, também foi realizada a I Feira Vinil & Poesia, por meio do programa Pátio Aberto, do Centro Cultural da Vale Maranhão (CCVM), reunindo na programação, masterclass, recital, discotecagem e stands de venda e troca de discos e livros.

Vanessa Serra alia os sentidos e a bagagem profissional como jornalista, produtora cultural e DJ nativa de São Luís do Maranhão. Ela é um dos nomes mais fortes da discotecagem do vinil no Estado, dos últimos seis anos para cá. Já marcou presença em várias cidades do Maranhão, e em outras ocasiões em São Paulo, uma delas, a Virada Cultural 2019, a convite do Festival BR 135. Recentemente, participou dos três dias do Festival Zabumbada, onde ganhou a persona La Sierra.

Além do Sarau Vinil & Poesia, ela realiza a live Alvorada - Paisagens e Memórias Sonoras, todas as manhãs de domingo, com início às 7h, por meio do Instagram e da plataforma Twitch, integrando o coletivo nacional Uh!Manas TV. Sua história na produção cultural teve início em 2000, com o projeto de Choro Tonico e Outros Bambas, entre outros feitos.

Com informações de assessoria / Foto: Marco Salles (cortesia)/Arquivo pessoal (cortesia)

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia nossos outros destaques. Contribua com o debate: deixe seu comentário. E siga acompanhando tudo o que é publicado aqui por meio do Google Notícias, Twitter, Facebook, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.



Siga nas redes sociais

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais