CCVM oferece aulas gratuitas de iluminação cênica

Aulas ocorrem no CCVM e no Teatro Arthur Azevedo, em uma parceria inédita entre as instituições; são disponibilizadas 30 vagas.

O Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM) realiza, esta semana, uma oficina sobre os princípios básicos da iluminação, ministrada pelos artistas e iluminadores Calu Zabel e Karine Spuri. As aulas - que ocorrem de 16 a 20 de agosto, das 15h às 19h - introduzirão os alunos ao mundo da iluminação cênica pelas perspectivas históricas, técnicas e estéticas. Serão abordados temas sensíveis à criação, montagem e operação de luz, a partir de exercícios práticos e experimentação em diferentes espaços cênicos, como o palco italiano e espaços alternativos.

As aulas ocorrem no CCVM e no Teatro Arthur Azevedo, em uma parceria inédita. Os interessados devem comparecer ao CCVM - que fica na rua Direita, nº 149, Centro Histórico de São Luís - no primeiro dia de aula, a partir das 14h, para realizar a inscrição presencialmente. São ofertadas 30 vagas.

CCVM oferece aulas gratuitas de iluminação cênica

Calu Zabel é graduado em artes cênicas pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e iluminação na SP Escola de Teatro, e é iluminador cênico desde 2005, criando e operando a luz de produções de dança, teatro, música, vídeo e exposições de arte.

Karine Spuri é bacharel em artes cênicas pela UEL, formada pelo curso técnico da Escola Municipal de Teatro de Londrina (EMT) e atuante das artes cênicas em diversas vertentes, como teatro, dança, performance, exposições de arte, shows musicais e circenses.

Com informações e foto do CCVM

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário. Siga o Blog do Maurício Araya no Twitter, Facebook, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais