Encontro celebra Dia da Quebradeira de Coco-Babaçu

Evento será realizado no CCVM e reunirá quebradeiras de coco-babaçu para troca de experiências e compartilhamento de saberes com o público.

Em comemoração ao Dia Estadual da Quebradeira de Coco-Babaçu, a Rede Mulheres do Maranhão realiza, nesta quarta-feira (28), o encontro Quebradeiras: Resistência e Resiliência no Território Maranhense. Além de celebrar a data, o evento tem como objetivo homenagear as trabalhadoras e promover discussões sobre o direito à terra e ao território.

A programação tem início às 10h, com uma demonstração da coleta e quebra do coco-babaçu, seguida da roda de conversa Quebradeiras e o Repasse de Saberes em Diálogo com os Territórios, com a participação de 10 quebradeiras da Rede Mulheres do Maranhão. A tarde será marcada por oficinas de turbantes e tranças, de empoderamento feminino e de culinária, com o preparo de delícias com o babaçu, mostrando a versatilidade do fruto da palmeira-mãe. O encerramento fica por conta da apresentação do Tambor de Crioula da Vila Fé em Deus, de Santa Rita.

Legenda
CCVM (cortesia)

O evento, que é aberto ao público interessado e totalmente gratuito, será realizado no Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM) - fica localizado à rua Direita, nº 149, Centro Histórico de São Luís -, em parceria inédita. "A Rede Mulheres do Maranhão organizar um evento em homenagem às quebradeiras, no CCVM, carrega simbolismos fortes. É uma oportunidade de externar a potência cultural que as quebradeiras trazem consigo. Com suas danças e cantos, celebram as ancestralidades indígenas, negras, das caboclas e caboclos das matas e florestas. Dar visibilidade a essas ancestralidades reafirma a importância das quebradeiras nas dinâmicas do território maranhense", declara Marcelo Peixoto, analista da Fundação Vale.

Os momentos de troca e diálogo reforçam a importância da aplicação da sabedoria popular - herdada de mães, avós e ancestrais - em um modelo forte e inovador de empreendedorismo social. "Esse evento é muito importante para nós, quebradeiras de coco e empreendedoras da Rede Mulheres do Maranhão, nos dá força para continuar buscando cada dia mais a melhoria, nos fortalece enquanto Rede Mulheres, empreendedoras e empoderadas que somos. É importante para mostrar nossa história, o nosso trabalho e buscar novas parcerias", conta Silvana Barbosa, presidente da Rede Mulheres do Maranhão.

A Rede Mulheres do Maranhão é uma iniciativa apoiada pela Fundação Vale, em parceria com a Mandu Social, e o evento conta ainda com o apoio do Instituto Cultural Vale, por meio do CCVM.

Com informações do CCVM

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia nossos outros destaques. Contribua com o debate: deixe seu comentário. E siga acompanhando tudo o que é publicado aqui por meio do Google Notícias, Twitter, Facebook, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.



Siga nas redes sociais

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais