Sobreposição galáctica

SDSS J115331 e LEDA 2073461 ficam a mais de um bilhão de anos-luz da Terra; apesar de parecerem colidir, na verdade elas não estão interagindo.

Duas galáxias espirais sobrepostas são retratadas nesta imagem do telescópio espacial Hubble: SDSS J115331 e LEDA 2073461 ficam a mais de um bilhão de anos-luz da Terra, e, apesar de parecerem colidir, o alinhamento delas é provavelmente apenas por acaso - as duas não estão realmente interagindo.

Esta imagem é uma das muitas observações do Hubble por meio do projeto Galaxy Zoo, concebido em 2007, que faz, voluntariamente, a classificação de galáxias.

Sobreposição galáctica
Apesar de parecerem estar em colisão, elas não estão realmente interagindo entre si
ESA/Hubble & Nasa, W. Keel

Ao longo do projeto, os voluntários descobriram uma variedade de galáxias estranhas e maravilhosas, como galáxias espirais incomuns de três braços e galáxias em anel em colisão.

Leia outros destaques do Blog do Maurício Araya. Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário. Siga o Blog do Maurício Araya no Twitter, Facebook, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais