‘Bonecos do Natal Maranhense’ encantam crianças da Grande São Luís

Temporada de 2022 foi iniciada com distribuição de kits culturais em São José de Ribamar, para alunos da escola municipal José Gregorio Botão.

Um Natal encantado, com diversão para crianças de toda a Região Metropolitana de São Luís: essa é a aposta do projeto Bonecos do Natal Maranhense para a edição 2022. Logo em seu primeiro dia de atividades no período natalino, encantou pequenos e adultos nos municípios de São Luís e São José de Ribamar.

Executado pela Éguas Paper Toy, empresa maranhense de brinquedos de papel, com o patrocínio da Secretaria de Estado da Cultura do Maranhão (Secma) e da Equatorial Energia, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura, do Governo do Maranhão, o projeto iniciou a temporada 2022 com a distribuição de kits culturais na cidade de São José de Ribamar, com ação realizada na manhã de quarta-feira (21), para alunos da escola municipal José Gregorio Botão.

Crianças se divertem em oficina do projeto Bonecos do Natal Maranhense
Crianças se divertem em oficina do projeto Bonecos do Natal Maranhense
Veruska Oliveira (cortesia)

No total, mais de 180 crianças participaram da atividade, recebendo kits culturais, com brinquedos e revistas feitas especialmente para o período natalino.

Durante a ação, a gestora da escola, Alessandra Ribamar Ribeiro Sá Menezes, parabenizou o projeto Bonecos do Natal Maranhense pelo legado que deixaram na escola, ao impactar dezenas de estudantes.

Crianças se divertem em oficina do projeto Bonecos do Natal Maranhense
Diversão toma conta da criançada
Veruska Oliveira (cortesia)

João Santos, designer do projeto, agradeceu os estudantes e a gestora pela receptividade e carinho por receberem a ação de braços abertos.

O sucesso que tivemos com a ação na escola municipal José Gregorio Botão é fruto da boa receptividade que o projeto sempre tem nos centros de ensino e no Maranhão, em geral. É gratificante poder ver algo feito com muito carinho e amor alcançando e tocando a vida de tantas crianças e adultos

Além de São José de Ribamar, São Luís também pôde contar com o primeiro dia de atividades do projeto, que realizou, de forma gratuita e aberta a todos os públicos, a oficina de Paper Toys Natalinos na Praça Deodoro, no Centro Histórico da cidade.

Momento de lazer e diversão, a oficina visa buscar, em cada criança, adultos e turistas presentes, o interesse sobre elementos culturais maranhenses, assim como trabalhar o imaginário do Maranhão em cada um, utilizando bonecos e, também, histórias e memórias pessoais.

Até esta sexta-feira (23), a oficina de Paper Toys Natalinos segue com programação na Praça Deodoro, das 18h às 22h, ao lado da Casa do Papai Noel. A programação conta, ainda, com a distribuição de kits natalinos.

Bonecos do Natal Maranhense

Idealizado para dar vida aos personagens que representam as etnias da fundação do Maranhão e clássicos do Natal, o projeto Bonecos do Natal Maranhense conta com duas edições já realizadas, em 2020 e 2021, e já distribuiu mais de 14 mil kits culturais no Maranhão.

Figurinha carimbada na programação natalina do estado e bastante elogiada por crianças, adultos e turistas, a ação visa alcançar mais de 5 mil pessoas na edição deste ano.

Bonecos do Natal Maranhense é executado pelo Éguas Paper Toy, estúdio criativo maranhenses que, desde 2013, cria brinquedos de papel (paper toy) por meio de projetos lúdicos e contemporâneos, unindo design, arte e cultura maranhense em personagens e cenários capazes de estimular a imaginação de crianças e adultos em histórias incríveis, por meio da utilização de material de baixo custo produtivo e reciclável, como o papel.

Com informações da assessoria

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia outros destaques do blog. Contribua com o debate: deixe seu comentário. E siga acompanhando tudo o que é publicado por meio do Google Notícias, Mastodon, Twitter, Facebook, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.



Siga nas redes sociais

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais