Vagas remotas para profissionais de tecnologia crescem 151%

Levantamento da Catho mostra que administrativo, contabilidade e recursos humanos também tiveram crescimento expressivo em 2022.

O trabalho remoto ou home office virou uma realidade para parte dos brasileiros: a flexibilidade de poder trabalhar em casa atrai a atenção de muitos profissionais. Em 2022, o crescimento dessa modalidade de trabalho foi de 45%, com destaque para as áreas administrativo, tecnologia e atendimento ao cliente, que foram as que mais publicaram vagas em home office durante este ano.

Segundo levantamento feito pela Catho, marketplace de tecnologia que conecta empresas e candidatos, em 2022, o setor administrativo foi o que mais criou oportunidade home-office, com 56,69 mil vagas; seguido por tecnologia com 49,24 mil.

Vagas remotas para profissionais de tecnologia crescem 151%
Vagas remotas para profissionais de tecnologia crescem 151%
Taryn Elliott/Pexels

Quando comparado ao ano de 2021, a área de contabilidade registrou um crescimento de 818%; seguida de recursos humanos, com 272%; e tecnologia, com aumento de 151%. Além disso, o levantamento também aponta que São Paulo é o Estado com maior vagas de home office publicadas.

Setores que mais cresceram em vagas de home office

  • Contabilidade: 818%;
  • Recursos humanos: 272%;
  • Tecnologia: 151%;
  • Atendimento ao cliente: 43%;
  • Administrativo: 36%;
  • Jornalismo: 15%;
  • Logística: 10%;
  • Marketing: 8%.

Com informações da Catho/VCRP

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia outros destaques do blog. Contribua com o debate: deixe seu comentário. E siga acompanhando tudo o que é publicado por meio do Google Notícias, Mastodon, Twitter, Facebook, Pinterest, TikTok, Instagram, LinkedIn e YouTube.



Siga nas redes sociais

Sobre o autor: Jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais