Siga os canais do Blog do Maurício Araya

Salário mínimo é de R$ 1,32 mil a partir de maio

Política de reajustes levará em conta reposição inflacionária e PIB; correção da tabela do IR será progressiva, até isenção chegar aos R$ 5 mil.

O salário mínimo no Brasil em 2023 será de R$ 1,32 mil. O novo valor passa a valer a partir do dia 1º de maio, Dia do Trabalhador. A política federal de reajustes levará em conta a reposição inflacionária e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país. A informação foi anunciada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quinta-feira (16), em entrevista à CNN Brasil, e reforçada numa postagem no perfil oficial do presidente no Twitter.

"O salário mínimo terá, além da reposição inflacionária, o crescimento do PIB. É a forma mais justa de você distribuir o crescimento da economia. Não adianta o PIB crescer 14% e você não distribuir. Ou seja, é importante que ele cresça 5%, 6%, 7% e que você distribua isso com a sociedade. É isso que vai acontecer. Nós vamos aumentar o salário mínimo todo ano. A inflação será reposta e o crescimento do PIB será colocado no salário mínimo", disse o presidente Lula.

Salário mínimo é de R$ 1,32 mil a partir de maio
Salário mínimo é de R$ 1,32 mil a partir de maio
Marcos Santos/USP Imagens

Na mesma entrevista, Lula informou que trabalhadores com renda mensal de até R$ 2,64 mil ficarão isentos do pagamento do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). A política de isenção do IRPF será conduzida de forma progressiva até que a faixa de isenção chegue a R$ 5 mil mensais, um compromisso de campanha do presidente.

"Nós vamos começar a isentar quem recebe até R$ 2,64 mil. Depois vamos gradativamente até chegar aos R$ 5 mil de isenção. Quando a gente vai discutir Imposto de Renda, a gente percebe que quem ganha R$ 6 mil paga mais proporcionalmente do que quem recebe mais", completou.

Com informações da Secom/Presidência da República

Blog do Maurício Araya

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia outros destaques. Contribua com o debate, deixe seu comentário.

Siga as atualizações por meio dos canais no WhatsApp e Telegram; Google Notícias; e perfis nas redes sociais Threads, Bluesky, Mastodon, Tumblr, Facebook, Instagram, Pinterest e LinkedIn.

Sobre o autor: Maurício Araya é jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e g1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Comente o conteúdo