Siga os canais do Blog do Maurício Araya

Instalação da parabólica digital ocorre em mais 4 cidades do Maranhão

Já podem receber equipamento e instalação gratuitos 12,8 mil famílias de menor renda inscritas em programas sociais do governo federal.

Famílias de menor renda de mais quatro cidades do Maranhão já podem fazer o agendamento para receber o kit com a nova parabólica digital. O serviço é gratuito para pessoas inscritas em algum programa do governo federal (CadÚnico) e que têm a parabólica tradicional funcionado em casa.

O trabalho é realizado pela Siga Antenado, entidade responsável por apoiar a população durante a migração do sinal de TV utilizado pelas parabólicas tradicionais (Banda C) para o sinal das parabólicas digitais (Banda Ku). Cerca de 12,8 mil famílias devem ser beneficiadas.

Siga Antenado abre agendamentos de instalação do kit gratuito com a nova parabólica digital para 12,8 mil famílias de quatro cidades do Maranhão
Siga Antenado abre agendamentos de instalação do kit gratuito com a nova parabólica digital para 12,8 mil famílias de quatro cidades do Maranhão
Tânia Rêgo/Agência Brasil (acervo)

Em fevereiro, outras oito cidades do Maranhão tiveram o agendamento liberado dentro da terceira fase do programa, que engloba 1,1 mil municípios de todo o país. Desta vez, entraram na lista: Bacurituba, Barreirinhas, Cajapió e João Lisboa.

Em Barreirinhas e João Lisboa, 7,2 mil e 3,2 mil famílias, respectivamente, podem ter direito à instalação do kit gratuito. Na sequência, estão Cajapió (1,5 mil) e Bacurituba (834).

Outras 22 cidades do Maranhão continuam com o agendamento para instalação do kit gratuito liberado. A previsão é de que 70,3 mil famílias podem ter direito à instalação gratuito na capital e nas cidades de Alcântara, Axixá, Bacabeira, Cachoeira Grande, Cidelândia, Davinópolis, Governador Edison Lobão, Icatu, Imperatriz, Morros, Paço do Lumiar, Presidente Juscelino, Raposa, Rosário, Santa Rita, São Francisco do Brejão, São José de Ribamar, São Pedro da Água Branca, Senador La Rocque, Timon e Vila Nova dos Martírios.

Parabólicas tradicionais deixarão de funcionar

A substituição é necessária porque, em breve, as parabólicas tradicionais deixarão de funcionar. Isso significa que, quem não fizer a substituição pela nova parabólica digital, não conseguirá mais assistir à TV.

O modelo tradicional também corre o risco de interferência no sinal da TV quando a tecnologia 5G for ativada em sua cidade ou região. Como o sinal do 5G é transmitido na mesma frequência da parabólica tradicional, poderão ocorrer chuviscos, chiados, a imagem pode travar e até ser interrompida. 

O CEO da Siga Antenado, Leandro Guerra, destaca os benefícios da nova antena. "A nova parabólica digital oferece melhor qualidade de imagem e de som, programação regional e vai continuar sendo gratuita, como sempre foi", afirma. "É muito importante que as pessoas procurem nossos canais de atendimento o quanto antes para saber se têm direito ao kit gratuito".

Para saber se tem direito ao kit gratuito, o beneficiário deve entrar em contato pelo número 0800-729-2404 ou pela internet, com o número do CPF ou do NIS em mãos.

Siga Antenado/Oficina Consultoria

Blog do Maurício Araya

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia outros destaques. Contribua com o debate, deixe seu comentário.

Siga as atualizações por meio dos canais no WhatsApp e Telegram; Google Notícias; e perfis nas redes sociais Threads, Bluesky, Mastodon, Tumblr, Facebook, Instagram, Pinterest e LinkedIn.

Sobre o autor: Maurício Araya é jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e g1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Comente o conteúdo