Siga os canais do Blog do Maurício Araya

#PazNasEscolas: ação mobiliza 150 parceiros no Dia da Educação

Mobilização promovida pela Fundação Roberto Marinho reforça agendas prioritárias, e será focada em quatro eixos temáticos.

Paz nas escolas, aprendizagem, educação profissional e criatividade: esses são os eixos que conduzem as ações de 2023 da Fundação Roberto Marinho e mais de 150 parceiros na celebração do Dia da Educação, comemorado nesta sexta-feira, 28 de abril.

Os ataques recentes a escolas no Brasil trazem uma série de reflexões e impõem um esforço coletivo, de todos os setores da sociedade, na promoção de ações de uma cultura de paz nas escolas.

Levantamento feito pela pesquisadora Michele Prado, do Monitor do Debate Político no Meio Digital da USP (Universidade de São Paulo), registrou 22 ataques a escolas entre outubro 2002 e março de 2023, sendo 11 (50%) só nos últimos dois anos. Somados o caso de Blumenau e o ataque a faca no Rio de Janeiro (que não entraram no levantamento), os ataques de 2022 e 2023 já superam em número os ocorridos nos 20 anos anteriores.

Ciente da relevância do tema para escolas, alunos e famílias, a Fundação Roberto Marinho reforça o apoio à hashtag #PazNasEscolas para fomentar a discussão, trazer informação qualificada para o público e apontar caminhos que podem ser seguidos.

Os índices educacionais mostram um retrocesso importante e as desigualdades sociais ficaram ainda mais evidentes por conta da pandemia. Muitos jovens hoje estão com a saúde mental abalada e precisam de ajuda para que possam prosseguir seus estudos e alcançar uma inclusão produtiva no mundo do trabalho.

A Fundação Roberto Marinho e o canal Futura oferecem aos educadores três cursos gratuitos focados no combate à violência nas escolas: A escola que temos e a escola que queremos: enfrentamento da violência e do bullying nas escolas; Crescer sem violência - redução de desigualdades, proteção básica e garantia de direitos para crianças e adolescentes; e Crescer sem violência - prevenção de violências contra crianças e adolescentes.

Além desse conteúdo, seis trilhas formativas do Futura abordam temas como racismo, mecanismos de escuta e participação, notificações de violência e trabalho infantil, violência armada e atendimento a vítimas e testemunhas de violência.

"A promoção de uma cultura de paz nas escolas passa pela orientação e cuidados com o excesso de exposição online, a valorização da empatia entre crianças, jovens e professores e o permanente combate ao racismo, ao bullying e à violência em geral. Nossas ações da mobilização reforçam o apoio a estas agendas com materiais educativos", ressalta José Brito, diretor do canal Futura.

Com 45 anos promovendo, em todas as suas iniciativas, uma cultura de educação de forma encantadora, inclusiva e, sobretudo, emancipatória, em permanente diálogo com a sociedade, a Fundação Roberto Marinho e parceiros promovem as hashtags #PazNasEscolas, #DiaDaEducacao, #NenhumPraTrás e #ReconhecerEReparar por meio de ações por todo o Brasil, compartilhadas pela internet.

Canal Futura apresenta programação especial no dia 28

No Dia da Educação, o Futura trará duas produções brasileiras que mostram de que forma a tecnologia e a arte são aliadas na aprendizagem. Como é o caso do documentário Em busca das telas amigáveis, do educador audiovisual Igor Amin. No filme, que vai ao ar às 22h, o diretor mineiro explora o uso dos celulares e computadores pelas crianças durante a pandemia, mostrando de forma positiva os desafios dessa nova realidade.

Já a série Prêmio Arte na Escola - com três episódios em sequência das 11h às 11h30 - narra o processo criativo e o desenvolvimento de boas práticas de arte na educação básica no Brasil. Os projetos foram premiados em 2022 pelo Prêmio Arte na Escola Cidadã e retratam os diversos segmentos escolares, da Educação Infantil à Educação de Jovens e Adultos, com iniciativas de sucesso em escolas da Bahia, Pará e Rondônia.

O projeto teatral Canoeiros e canoeiras das palavras: construção cênica O menino que ouvia estrelas e se sonhava canoeiro, do Pará, foi o vencedor do Ensino Fundamental 1 no Prêmio Arte na Escola 2022

Ainda no dia 28, serão exibidos os programas criados a partir de importantes parcerias do Futura: Trajetórias Escolares (parceria Unicef, Fundação Itaú e Instituto Claro), às 6h15; Educação que dá certo (parceria Todos pela Educação), às 9h30; De volta às aulas (parceria Sesi), às 10h30, e Destino: Educação (parceria Sesi), às 12h30. No programa Entrevista, o tema será o centenário de Paulo Freire, que será explorado pelo professor João Luiz Pedrosa.

O programa de entrevistas Conexão, com análise crítica e contextualizada de assuntos de interesse público, avalia a alfabetização: conforme dados do IBGE Educa, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) 2019 confirmou que, considerando as pessoas acima de 15 anos, o Brasil tem 11 milhões de analfabetos.

Já o Agenda Futura, interprograma diário que reúne as principais notícias de educação no Brasil, terá uma edição especial, às 20h30, no intervalo do Conexão.

E, alinhada à #PazNasEscolas, o Futura retorna com o Entrevista: Bem Viver, que traz reflexões sobre filosofia do Bem Viver como chave para qualidade de vida e felicidade.

Incentivo a iniciativas inovadoras na educação

O Movimento LED - Luz na Educação, uma parceria entre a Globo, a Fundação Roberto Marinho e a Mastertech, foi lançado em 2022 e agora já está em sua segunda edição. Oitenta jovens já foram selecionados para a próxima etapa do torneio Desafio LED - Me dá uma luz aí!. A proposta é premiar estudantes universitários que apresentem soluções criativas para problemas educacionais reais vividos dentro de escolas ou universidades. Serão distribuídos R$ 300 mil entre os finalistas.

Em 2023, o desafio é: Qual parte do teu mundo educacional precisa de mais conexão? Lembre-se que ela pode ser digital ou não. Os 80 selecionados passarão ainda por outras quatro etapas até o anúncio dos cinco finalistas no Festival LED, que ocorre nos dias 16 e 17 de junho, no Rio de Janeiro.

Fundação Roberto Marinho/Approach

Blog do Maurício Araya

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia outros destaques. Contribua com o debate, deixe seu comentário.

Siga as atualizações por meio dos canais no WhatsApp e Telegram; Google Notícias; e perfis nas redes sociais Threads, Bluesky, Mastodon, Tumblr, Facebook, Instagram, Pinterest e LinkedIn.

Sobre o autor: Maurício Araya é jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e g1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Comente o conteúdo