Siga os canais do Blog do Maurício Araya

Capacitação gratuita tem 30 mil vagas para empreendedoras

Programa do Itaú Mulher Empreendedora e Rede Mulher Empreendedora é direcionado a mulheres a partir de 18 anos, independente de possuírem negócios.

O Itaú Unibanco, por meio do programa Itaú Mulher Empreendedora, disponibiliza uma capacitação gratuita para que as mulheres aprendam as melhores formas de gerir um negócio. O Empreenda e Renda, que é uma iniciativa em parceria com a Rede Mulher Empreendedora (RME) voltada a promoção do empreendedorismo feminino nas regiões Norte e Nordeste, está com inscrições abertas.

A capacitação oferece um total de 30 mil vagas, sendo 28,5 mil destinadas à participação on-line e 1,5 mil para a presencial. O programa, que é direcionado a todas as mulheres - independentemente se forem donas de negócios ou não - e que tenham a partir de 18 anos, é dividido em três etapas: Capacitação das mulheres por meio da plataforma de Aceleração; Seleção e Mentoria para 150 mulheres; e Seleção e Doação de Capital Semente para 115 mulheres.

As inscrições para o programa de capacitação gratuita Empreenda e Renda estão disponíveis ao longo do ano, e as interessadas podem se inscrever pela internet.

Capacitação gratuita tem 30 mil vagas para empreendedoras no Norte e Nordeste: programa do Itaú Mulher Empreendedora e Rede Mulher Empreendedora é direcionado a mulheres a partir de 18 anos, independente de possuírem negócios
Programa do Itaú Mulher Empreendedora e Rede Mulher Empreendedora é direcionado a mulheres a partir de 18 anos, independente de possuírem negócios
RF Studio/Pexels

As inscritas terão acesso a temas que visam desenvolver habilidades socioemocionais para abrir e liderar negócios, além de aprimorar competências práticas em gestão, finanças e marketing digital. Alguns dos temas abordados são: Como desenvolver habilidades e criar negócios de acordo com seu perfil; Transformar uma ideia em uma empresa que solucione problemas para um público específico; Marketing digital e vendas; Organização financeira; e Aspectos jurídicos e contábeis para formalizar sua empresa. Ao concluir a capacitação, as participantes recebem um certificado de conclusão.

As interessadas em frequentar as aulas presenciais devem estar inseridas nos projetos das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) parceiras, que são: Associação de Juventudes, Cultura e Cidadania - Campina Grande (PB); Mulheres Guerreiras de Camaragibe - Camaragibe (PE); e Associação das Mulheres Indígenas Ticuna (Amit) - Benjamin Constant (AM).

"Para nós, do Itaú Unibanco, investir em mulheres que empreendem é investir no desenvolvimento econômico e social do país. Esta capacitação permite que as participantes tenham acesso a conhecimentos essenciais para desenvolver seus negócios", ressalta Luciana Nicola, diretora de relações institucionais e sustentabilidade do Itaú Unibanco.

"O Empreenda e Renda é mais uma parceria necessária entre RME e Itaú Mulher Empreendedora, onde capacitaremos mulheres em vulnerabilidade pelo Norte e Nordeste e, após o ciclo de aprendizado completo, elas serão selecionadas para receber um recurso financeiro, para que elas invistam em seus negócios. E, dessa forma, elas poderão melhorar suas vidas e, consequentemente, as vidas das suas famílias e da comunidade ao seu redor", diz Ana Fontes, fundadora e CEO da Rede Mulher Empreendedora.

Itaú Mulher Empreendedora/Weber Shandwick

Blog do Maurício Araya

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia outros destaques. Contribua com o debate, deixe seu comentário.

Siga as atualizações por meio dos canais no WhatsApp e Telegram; Google Notícias; e perfis nas redes sociais Threads, Bluesky, Mastodon, Tumblr, Facebook, Instagram, Pinterest e LinkedIn.

Sobre o autor: Maurício Araya é jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e g1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Comente o conteúdo