Siga os canais do Blog do Maurício Araya

Artistas maranhenses são destaque na ArtRio

Um dos maiores eventos de artes da América do Sul recebe exposição de caretas de cazumba do Mestre Honório e realiza bate-papo com Silvana Mendes.

Até o próximo domingo, 17 de setembro, a Marina da Glória, no Rio de Janeiro, será ocupada pela ArtRio, evento que reúne a produção de artistas nacionais e internacionais e cerca de 75 galerias e instituições de arte. O evento - um dos maiores do campo das artes na América do Sul - tem patrocínio do Instituto Cultural Vale, que apresenta o Prêmio Foco, reconhecendo e valorizando artistas visuais com até 15 anos de carreira, e a série de debates Conversas ArtRio, com temas contemporâneos sobre artes, curadoria, colecionismo e mais.

Artistas maranhenses são destaque na ArtRio: um dos maiores eventos de artes da América do Sul recebe exposição de caretas de cazumba do Mestre Honório e realiza bate-papo com Silvana Mendes
Um dos maiores eventos de artes da América do Sul recebe exposição de caretas de cazumba do Mestre Honório (foto) e realiza bate-papo com Silvana Mendes
CCVM (cortesia)

Além do patrocínio, o Instituto Cultural Vale apresenta Honório, exposição produzida pelo Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM), que apresenta o trabalho do mestre careteiro de Viana (MA). Serão expostas três caretas de cazumba, uma delas produzida exclusivamente para o evento. Mestre Honório é conhecido e reconhecido no Maranhão por ser o precursor da produção de caretas altas de cazumba, com cerca de dois metros de altura e que chamam atenção pela diversidade de cores e materiais utilizados na confecção. O artista maranhense confecciona caretas de cazumba há 48 anos.

Ele se une à artista visual Silvana Mendes na roda de conversa Origens da Cultura - A produção maranhense, mediada pelo diretor do CCVM, Gabriel Gutierrez. O bate-papo levará ao público da ArtRio um encontro entre a tradição da cultura popular maranhense, com a produção de Mestre Honório, e a cena contemporânea de artistas que tensionam estruturas convencionais da sociedade, com o portfólio de Silvana, que trabalha questões raciais, territoriais e políticas de afirmação.

É do popular que se origina o que é sabido, conhecido e consumido enquanto cultura, e levar o trabalho de Honório e Silvana Mendes a um evento do porte da ArtRio é dar o merecido e necessário destaque à cultura popular maranhense no cenário nacional. Proporcionar essa visibilidade aos artistas maranhenses é um dos objetivos que impulsiona nosso trabalho à frente do CCVM

Gabriel Gutierrez, diretor do CCVM

Desde sua primeira edição, em 2011, a proposta da ArtRio sempre foi ser uma grande plataforma, com um calendário anual, levando conhecimento e contato com a arte a diferentes públicos, tanto incentivando a visitação de museus, galerias e instituições, como também realizando ações em espaços diversos. Além da excelência no conteúdo de arte e na discussão de temas atuais e relevantes do setor, esse ano, a ArtRio reforça seu compromisso com a conscientização e as atividades focadas em sustentabilidade, desde a montagem do evento e com uma série de ações voltadas para a redução de impacto.

Blog do Maurício Araya

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia outros destaques. Contribua com o debate, deixe seu comentário.

Siga as atualizações por meio dos canais no WhatsApp e Telegram; Google Notícias; e perfis nas redes sociais Threads, Bluesky, Mastodon, Tumblr, Facebook, Instagram, Pinterest e LinkedIn.

Sobre o autor: Maurício Araya é jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e g1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Comente o conteúdo