Siga os canais do Blog do Maurício Araya

Pesquisa revela percepção dos brasileiros sobre inflação em 2023

Em 12 meses, diminuiu parcela dos brasileiros que acreditam que preços aumentaram; alimentos e produtos de casa seguem entre mais impactados.

A percepção dos brasileiros sobre o aumento dos preços no país registrou queda de 25 pontos entre 2022 e 2023, de 79% para 54%. Os que apontam diminuição da inflação passaram de 10% para 24% no mesmo período. A parcela que enxerga estabilidade dos preços praticamente dobrou, indo de 11% para 20%. Os dados são da mais recente pesquisa Radar Febraban, pesquisa Febraban News-Ipespe.

No período de 12 meses, o item 'pagamento de serviços de saúde e remédios' foi o que mais cresceu em 2023, no rol de itens impactados pela inflação, saltando de 22% para 30%, empatando na segunda posição com 'preço de combustíveis'.

Pesquisa revela percepção dos brasileiros sobre inflação em 2023: em 12 meses, diminuiu parcela dos brasileiros que acreditam que preços aumentaram; alimentos e produtos de casa seguem entre mais impactados
Valter Campanato/Agência Brasil (acervo)

'Alimentos e outros produtos do abastecimento doméstico' permanecem isolados em primeiro lugar, com oscilação de dois pontos nesse intervalo (de 68% para 66%).

Também registraram oscilações para cima o item 'valor da passagem de transporte público' (de 5% para 8%) e 'planos de compra de veículos e imóveis' (de 3% para 6%).

Realizada entre os dias 29 de novembro e 2 de dezembro de 2023, pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), a pesquisa Radar Febraban ouviu 2 mil pessoas nas cinco regiões do Brasil.

Blog do Maurício Araya

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia outros destaques. Contribua com o debate, deixe seu comentário.

Siga as atualizações por meio dos canais no WhatsApp e Telegram; Google Notícias; e perfis nas redes sociais Threads, Bluesky, Mastodon, Tumblr, Facebook, Instagram, Pinterest e LinkedIn.

Sobre o autor: Maurício Araya é jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e g1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Comente o conteúdo