Siga os canais do Blog do Maurício Araya

Saiba como proteger sua pele no verão que promete ser um dos mais quentes da história

Usar proteção adequada, evitar horários em que a radiação é mais intensa e manter a hidratação são algumas das orientações dos especialistas.

O mês de dezembro não traz apenas as celebrações festivas e as expectativas para o novo ano que se aproxima, mas também carrega consigo uma importante missão: conscientização sobre os perigos do câncer de pele. O movimento Dezembro Laranja surge como um alerta, destacando a necessidade vital de proteger nossa pele, especialmente durante o verão, quando os raios solares atingem níveis mais intensos.

Este verão promete ser um dos mais escaldantes da história, trazendo consigo não apenas temperaturas elevadas, mas também uma exposição solar mais pronunciada. Essa combinação aumenta significativamente os riscos de danos à pele, destacando a importância de adotar medidas preventivas para evitar problemas, sendo o câncer de pele o mais grave deles.

Usar proteção adequada, evitar horários em que a radiação é mais intensa e manter a hidratação são algumas das orientações dos especialistas
Mikhail Nilov/Pexels

A radiação ultravioleta (UV) proveniente do sol é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de câncer de pele. A exposição prolongada e sem proteção adequada pode levar a mutações genéticas nas células da pele, resultando em crescimento descontrolado e, potencialmente, na formação de tumores malignos, explica a dermatologista Hevelyn Mendes.

A médica dá dicas de como proteger sua pele neste verão.

Protetor solar adequado

Escolher o protetor solar certo é fundamental: opte por um produto de amplo espectro para garantir proteção contra raios UVA e UVB. Além disso, verifique se o Fator de Proteção Solar (FPS) é apropriado para seu tipo de pele e as condições climáticas. Aplique generosamente e reaplique a cada duas horas, especialmente após nadar ou transpirar.

Evitar horários de pico

Os raios solares são mais intensos entre as 10h e 16h: evite a exposição direta durante essas horas, buscando sombras sempre que possível. Se suas atividades ao ar livre forem inevitáveis, considere fazê-las nas primeiras horas da manhã ou no fim da tarde.

Hevelyn Mendes é médica dermatologista, especializada em dermatologia clínica, medicina estética, tricologia e transplante capilar
Acervo pessoal

Roupas protetoras

A escolha de roupas adequadas é uma defesa física importante. Prefira roupas leves, mas que cubram a maior parte do corpo. Opte por tecidos que ofereçam uma barreira eficaz contra os raios UV. Chapéus de abas largas e óculos de sol complementam a proteção.

Hidratação

A hidratação adequada é crucial para a saúde da pele. O calor do verão pode levar à desidratação, o que pode impactar negativamente na condição da pele. Beba bastante água para manter a hidratação e permitir que sua pele se recupere dos efeitos do calor e da exposição solar.

Autoexame regular

Esteja atento a quaisquer mudanças em manchas, pintas ou lesões existentes. O autoexame regular permite identificar potenciais problemas precocemente. Se notar algo incomum, consulte imediatamente um dermatologista, destaca a doutora Hevelyn.

Consulta dermatológica

Agendar consultas regulares com um dermatologista é uma prática preventiva essencial. Exames dermatológicos profissionais podem identificar sinais de câncer de pele em estágios iniciais, aumentando significativamente as chances de tratamento bem-sucedido.

Adotar essas medidas não apenas protegerá sua pele contra o câncer, mas também promoverá uma saúde geral para sua pele.

Blog do Maurício Araya

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia outros destaques. Contribua com o debate, deixe seu comentário.

Siga as atualizações por meio dos canais no WhatsApp e Telegram; Google Notícias; e perfis nas redes sociais Threads, Bluesky, Mastodon, Tumblr, Facebook, Instagram, Pinterest e LinkedIn.

Sobre o autor: Maurício Araya é jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e g1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Comente o conteúdo