Siga os canais do Blog do Maurício Araya

Webb surpreende com imagem inédita em alta definição de remanescente de supernova

Com sua visão poderosa, telescópio Webb detecta menores nuances de enxofre, oxigênio, argônio e gás neon dos restos da estrela.

A nova imagem do telescópio espacial James Webb é um presente de uma estrela do passado: na luz infravermelha, a remanescente de supernova Cassiopeia A (Cas A) se assemelha a um 'enfeite brilhante'. Com sua visão poderosa, o telescópio Webb detecta as menores nuances de enxofre, oxigênio, argônio e gás neon dos restos da estrela. Escondidos no gás, estão poeira e moléculas que eventualmente se tornarão parte de novas estrelas e planetas.

Telescópio Webb surpreende com imagem inédita em alta definição da remanescente de supernova Cassiopeia A - veja a imagem em alta definição
Nasa, ESA, CSA, STScI, D. Milisavljevic (Universidade de Purdue), T. Temim (Universidade de Princeton), I. De Looze (Universidade de Ghent)

No canto inferior direito, está o que os cientistas apelidaram de Baby Cas A, uma versão minúscula da própria Cas A. Baby Cas A é um 'eco' de luz: a luz da supernova atingiu e está aquecendo a poeira distante nesta 'bolha'. Embora Baby Cas A pareça muito próximo de Cas A, na verdade está cerca de 170 anos-luz atrás do remanescente da supernova.

Blog do Maurício Araya

Gostou do conteúdo do Blog do Maurício Araya? Leia outros destaques. Contribua com o debate, deixe seu comentário.

Siga as atualizações por meio dos canais no WhatsApp e Telegram; Google Notícias; e perfis nas redes sociais Threads, Bluesky, Mastodon, Tumblr, Facebook, Instagram, Pinterest e LinkedIn.

Sobre o autor: Maurício Araya é jornalista profissional (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para Web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e g1 no Maranhão; e vencedor, por dois anos (2014 e 2015), da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Webjornalismo. Saiba mais

Comente o conteúdo